Forum do RPG
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seLogin

Compartilhe | 
 

 Base da Resistência [D'Qar]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Aeedun Kariss
Cavaleiro de Ren
Cavaleiro de Ren


Mensagens : 35
Data de inscrição : 26/01/2015
Idade : 28
Localização : Starkiller Base.

MensagemAssunto: Base da Resistência [D'Qar]   Sab Dez 26, 2015 6:47 pm


Informações sobre a Base
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Carth Was Besper
Comandante da Marinha Resistência
Comandante da Marinha Resistência


Mensagens : 21
Data de inscrição : 27/01/2015
Idade : 42
Localização : D'Qar

MensagemAssunto: Re: Base da Resistência [D'Qar]   Seg Dez 28, 2015 1:13 pm

Carth entra na sala de comando com seu datapad em mãos. Odiava seu novo posto. Após a ação liderada por ele em Ord Mantell, a general Organa decidiu substituir o antigo Comandante Kepler, que estava com eles desde a Guerra Civil, no nascer da antiga Aliança Rebelde. Porém, ali estava ele, fora de ação novamente. Apesar de que, desta vez eram mais pessoas que confiavam sua vida nele, além de apenas seu pequeno e seleto pelotão.

A reunião fora convocada por Carth. As escoltas enviadas à recém-descoberta base da First Order revelaram um movimento incomum no local. Portanto, eles finalmente haviam considerado um ataque direto. No entanto, contavam com as poucas naves que possuíam para fazer isso e, sem elas D'Qar estaria desprotegida no tempo de ação da frota e, nos pior dos casos, por um período indeterminado após sua destruição.

Gostava de chegar mais cedo, então se sentou em uma das poucas cadeiras desocupadas e começou a acessar as informações do datapad. Carth n gostava de usar o uniforme, continuando a portar seu jaleco marrom claro, com as novas insígnias de comandante nos ombros. às suas costas, seu EL-16HFE, pendurado ao seu corpo com a bandolera e, em seu cinto, seu Glie-44, guardado junto de alguns Thermal Detonators. Apesar de estar em território amigo, Carth gostava de carregar suas armas para onde quer que fosse.


Última edição por Carth Was Besper em Qua Dez 30, 2015 10:38 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Carth Was Besper
Comandante da Marinha Resistência
Comandante da Marinha Resistência


Mensagens : 21
Data de inscrição : 27/01/2015
Idade : 42
Localização : D'Qar

MensagemAssunto: Re: Base da Resistência [D'Qar]   Ter Dez 29, 2015 2:23 pm

Enquanto esperava, uma pandoriana sentada em um dos diversos consoles da sala de comando chama Carth, alarmada:

[Tenente Pandoriana]
- Comandante, acho que o senhor deve ver isso.

Já meio cansado, achando que não fosse nada (porque quase nunca era), ele vai até ao lado do console, e indaga a jovem:

[Comandante Carth]
- Fale, tenente.

[Tenente Pandoriana] - Senhor, um dos nossos satélites de observação identificou um objeto adentrando nossa atmosfera. Geralmente são asteroides, temos muito disso, e possuímos vários satélites para observar sua trajetória, tamanho e reentrada, para sabermos se precisaremos ligar os escudos e nos proteger. Mas olhe isso

Carth observa uma imagem do satélite, e pensa estar vendo nuvens do planeta. A oficial dá um zoom em uma região, enquanto ele olha confuso, tentando entender a imagem. Após alguns poucos segundos, ele olha com um rosto indagador para a pandoriana que, ao perceber, lhe explica com um ar tímido:

[Tenente Pandoriana] - Bem senhor, o satélite identificou um objeto entre 20 e 30 metros de comprimento adentrando a atmosfera. Geralmente, asteroides desse tamanho explodem antes de chegar ao chão, mas sempre observamos caso haja alguma chance de um pedaço passar. Porém, se você observar as leituras, esse objeto teve pouco atrito com o ar, já que as leituras de calor da atmosfera em volta de sua trajetória não se alterou do jeito que um asteroide faria.

Nesse momento, Carth murmura, então fala mais alto:

[Comandante Carth]
- Uma nave. Só escudos de uma nave podem fazer isso.

Logo após terminar de falar, um oficial twi'lek, com a cor de pele amarela, chama o comandante:

[Tenente Twi'Lek] - Senhor, as naves em órbita dizem ter detectado uma nave chegando do hiperespaço. Quando fizeram uma varredura e mandaram caças, não encontraram nada. Os capitães das naves perguntam se há alguma atividade estranha no planeta, ou se podem considerar isso como uma anomalia.

Quando Carth começa a ir na direção do twi'lek, uma jovem humana ruiva o chama também, dizendo:

[Tenente Humana] - Senhor, detectamos um comlink. Não é de nenhum dos nossos, nem da Nova República. Está localizado quase do outro lado do planeta.

O comandante, rapidamente, se volta para a pandoriana e pergunta:

[Comandante Carth] - Qual a posição de entrada da nave?

[Tenente Pandoriana] - 400 km da base senhor.

Carth para no meio da sala, enquanto todos o olham. "Uma invasão simultânea, talvez?". Invadir a base e desativar os escudos para que uma frota inimiga atacasse e obliterasse a Resistência em menos de um dia. Então, a Primeira Ordem finalmente encontrara a nossa base. Felizmente, eles também não estavam atrás. Temmim e Poe já estavam a caminho de uma missão de reconhecimento da maior base já encontrada da First Order. Porém, agora eles não tinham tempo para uma ofensiva. Era hora de manter a Resistência viva. Ele se vira para os oficiais e diz:


[Comandante Carth] - Avise a base e as naves em órbita. Passamos de Defcon 3 para Defcon 2. Mande 2 X-wings para a última localização conhecida daquela nave, e mande um Resistance Troop Transport, junto de mais 2 X-wings para a localização daquele comlink. Recolha TODAS as escoltas imediatamente, e mande apenas dróides de reconhecimento. Eu quero que todos que entrem na base a partir deste momento passem por uma checagem extensiva de identificação, tanto das credenciais quanto facial e, se possível, de sangue e DNA também. Não quero uma luta aqui dentro. Também quero a ficha de todas as tropas que estão lá fora. E, por último, liguem os escudos.

Todas as pessoas na sala assentem com a cabeça, ou respondem com um baixo "Sim, senhor". Rapidamente, tomam ação e imediatamente transmitem as ordens do comandante. Por toda a base e as naves em órbita, é passada a mensagem de Defcon 2, enquanto é possível sentir, de leve, a terra tremer. Isso era o gerador dos escudos e torretas sendo ligado à potência máxima. Encontrado enterrado 2 km abaixo da base, só poderia ser acessado pelo caminho de acesso de dentro da base (na qual tiveram cuidado de não construir ventilações, dutos e canos grandes o bastante para alguém passar por lá) ou cavando, o que levaria dias ou semanas sem equipamentos e pessoal.

Enquanto as variadas escoltas retornavam (sendo extensivamente avaliados na entrada da base, e colocados sob observação), sendo substituídas por diversos probes, 4 X-wings e um Resistance Troop Transport saíam da base logo antes dos escudos serem ligados.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Minessar'aliit
Almirante da Resistência
Almirante da Resistência


Mensagens : 6
Data de inscrição : 28/01/2015

MensagemAssunto: Re: Base da Resistência [D'Qar]   Qua Dez 30, 2015 12:11 am

Muttabahamonte. Óleo dançante entre águas sendo derramado em um cadaver putrefato.
Mais uma vez essa imagem, ou sensação, invadiu o espírito de Atin. É sensação? Ou sentimento? Como poderia dizer se el... Brasa sob lodo. E foi embora.


Balançou quase imperceptivelmente a cabeça, aturdido. Voltava à realidade, e aquela sensação não era das mais agradáveis. Apenas gostaria de esquecê-la.
Diante dos olhos vacilantes uma verdadeira parede deslizante permanecia incólume, e assim permaneceu por alguns segundos. Em um estalido tanto a que estava diante de si quanto a posterior se abriram, revelando um salão assustado. Atin retomou a tortura às suas botas após respirar fundo.


- Eu já lhe disse sete vezes: sou o almirante Cátulo. - Disse tão firmemente quanto andava ao twi'lek que o seguia. - e ninguém irá revirar meu inventário.

- Compreendo, mas preciso que pare por um segundo. Precisamos avaliar a situação.

- A situação, meu caro, é que há um oficial importunando um almirante que tem o que fazer. Pela oitava: sou Cátulo, almirante da Resistência, e minha identificação é suficiente.

O twi'lek se virou e pôs a mão em um enorme bagageiro flutuante manobrado por um rapaz meio raquítico, parando-o. Imediatamente o som das botas de Atin/Cátulo cessou.


- Senhor, por favor, compreenda. Precisamos averiguar.

- Rapaz, pare com isso. Estamos em Defcom 2, não em um pandemônio.

- Senhor, são ordens do Almirantado: apenas autorizar entrada daqueles extensivamente checados. O senhor me deu apenas sua identidade básica, já estou ignorando o reconhecimento sanguíneo e de DNA. Por favor, colabore.


- Phh! - Soltou Atin junto a um sorriso, resultando em algo que alguns chamariam de "riso". - Então estamos num pandemônio. Pela sua colaboração também colaborarei: o pacote permanecerá exatamente onde está, o escudeiro irá comigo e a responsabilidade do pacote reside agora em você.

Atin virou-se e continuou sua marcha, dizendo: Desobedeça sob sua própria responsabilidade.
Os pés nervosos do raquítico correram em proximidade ao seu mestre. Sem uma palavra eles cruzaram o salão demasiadamente branco, cruzando os vários agentes e soldados da Resistência.


Outro breve, porém grave, estalido anunciou a chegada de Atin e, tão logo tal estalido se calou, sua voz ricocheteou as paredes da sala. Estava sozinho, pois o rapaz havia ficado do outro lado, diante da porta.
- General Besper! Desejo-lhe uma tarde excelente! - Disse, sem parar de andar em direção a uma poltrona.
Puxou seu assento e sentou lentamente como se aquilo fosse de suma importância. Alguém poderia se questionar se seria aquilo um cuidado com seu uniforme branco de oficial, mas na realidade não passava de mero "estilo".
Já sentado olhou fixa e profundamente nos olhos de Besper.

- Conte-me o que houve para que um twi'lek importunasse minha entrada.


Última edição por Minessar'aliit em Qua Dez 30, 2015 10:37 pm, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Carth Was Besper
Comandante da Marinha Resistência
Comandante da Marinha Resistência


Mensagens : 21
Data de inscrição : 27/01/2015
Idade : 42
Localização : D'Qar

MensagemAssunto: Re: Base da Resistência [D'Qar]   Qua Dez 30, 2015 2:28 am

Besper estava na sala havia horas¹. Coordenando os esforços de busca pela nave desaparecida, supervisionando as verificações de segurança de praticamente todos os que residiam na base, e exigindo relatórios constantes do transporte que traziam aquele que dizia se chamar Thimo Vzhul. A chegada do almirante Cátulo não o surpreendeu, nem seu óbvio atraso. Carth já aprendera a lidar com a personalidade do almirante, e a encarava mais como um alivio do que um fardo na sua vida. Porém, mantinha o semblante sério, e o indagou com um leve ar de reprovação:

[Comandante Besper]
- Apenas comandante por enquanto, almirante. E o senhor está atrasado. O convoquei ainda esta manhã, e pelo jeito os nossos oficiais superiores presentes preferiram seguir sua atitude e demorar a aparecer.

Carth volta ao datapad e, após ser questionado sobre o twi'lek, rapidamente diz:

[Comandnate Besper]
- Temos motivos para crer que a Primeira Ordem nos encontrou. Identificamos uma nave que passou por nossos sensores e entrou no planeta, mas não sabemos onde está no momento, e creio eu que tentará infiltrar na base quem quer que tenha vindo com ela. Me desculpe por seu transtorno, mas as verificações são necessárias.

Pouco depois de terminar, de falar, o twi'lek amarelo o chama novamente. Carth não o escuta na primeira vez, devido ao barulho e intenso movimento na sala, mas quando o mesmo grita alto, todos param e o escutam. Com um olhar assustado, diz:

[Tenente Twi'Lek]
- Senhor. Contatos hostis na órbita.

A sala inteira se silencia, e todos olham para Carth, então para Atin, inclusive o comandante. Depois de poucos segundos, Besper diz:

[Comandante Carth]
- Senhor, quer que lhe providencie um transporte lá para cima?

OFF¹: Supus a passagem de horas desde meus primeiros posts até esse último, para ser sensata a passagem de tempo durante os eventos ocorridos nos outros tópicos
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Minessar'aliit
Almirante da Resistência
Almirante da Resistência


Mensagens : 6
Data de inscrição : 28/01/2015

MensagemAssunto: Re: Base da Resistência [D'Qar]   Qua Dez 30, 2015 10:23 pm

Naves espaciais cruzando o horizonte despercebidamente estocavam o espírito de Atin com memórias vagas, mas centelhantes, que logo o lembraram de seu pacote.
Enquanto a voz de Besper ainda enchia os ares daquela sala, Atin, assim que atentou às sequências de memórias, digitou rapidamente no computador de bordo acoplado a mesa diante deles com firmeza.


- Não especulemos incertamente sobre o incerto, comandante. - sons eletrônicos anteciparam o holograma do escudeiro diante deles. - Se me permite, possuo conta...

Calou-se. O som de botas e o quase imediato falar do importuno twi'lek eram demais para um almirante com décadas de experiência militar. Com todo a imponência que esses anos garantiram, ele se levantou, endireitou-se e olhou fixamente nos olhos do tenente. Parecia crescer em estatura enquanto falava.

- Isso aqui não é um mercado portuário em Shaum Hii, tenente Dol Baran. Esta é a sala de reunião da Resistência. Informações vagas não são - repito, não são - simplesmente gritadas na direção de seu destinatário.

Jovem esse tenente Dol Baran, pensou consigo mesmo. Hoje só se encontra jovens destemperados nas fileiras da Resistência.

- Temos tecnologia, tenente, e não recebemos nenhuma transmissão holográfica. - E falou mais alto e mais rápido - A situação é grave, tenente? É esta provável nave detectada? É uma frota? Pois se fosse uma frota, em que unidade militar decente alguém pretende alertar por voz?! Não em nossa militaria, onde valorizamos o repasse holográfico instantâneo e rico em informações, não é mesmo? Descansar.

Esperou o falar do Comandante se iniciar para se debruçar sobre o holograma de seu escudeiro, apoiando-se sobre a mesa.

- Prepare o equipamento e entre em contato com Trejali'ik.

- Mas, o que devo dizer?

- Bexigas, di'kutla! Você sabe, confirme, apenas confirme!

Em meio a ruídos, ou vozes, do escudeiro, Atin tacou o dedo para finalizar a chamada justamente pareado com os dizeres de Carth.

Silêncio. Atin olhou para Carth e de Carth para os oficiais, fixando os olhos negros em Ackbar. Com a face e a voz enrijecidas, pronunciou-se.


- Agradeço a ajuda, Comandante, e de fato precisarei de um transporte escoltado para a frota. Alerte teus oficiais que tomo posse do comando naval e ordene que auditem o cenário. Tenente Dol Baran, fornique-se. E, Comandante Besper, ...

Aproximou-se do mesmo a tal ponto que sua fala mais parecia um sussurro.

- Tenho homens leais reportando, deixarei meu comlink no computador de bordo. Peço que considere os tomar em alguma de tuas decisões sábias que confio que tomarás. -
Olhou para trás como se sentisse um cheiro podre. - Esse tenente twi'lek - sussurrou. - que decisão pretende tomar sobre ele?

Disse, sadicamente com um sorriso no rosto. Parecia feliz em pensar em levá-lo a bordo para ser fuzilado pelo inimigo. Talvez fosse melhor reenviá-lo para os cursos de graduação, uma vez que não há garantia de hostilidade. Aliás, talvez não valesse nada disso e deixá-lo da forma como o encontrou fosse a melhor coisa a se fazer. Atin simplesmente não fazia questão, apenas queria que Carth se posicionasse quanto ao jovem tenente.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Carth Was Besper
Comandante da Marinha Resistência
Comandante da Marinha Resistência


Mensagens : 21
Data de inscrição : 27/01/2015
Idade : 42
Localização : D'Qar

MensagemAssunto: Re: Base da Resistência [D'Qar]   Qua Dez 30, 2015 10:43 pm

Carth assente levemente, quase imperceptível, ao almirante. Os homens oferecidos ao comando de Besper certamente faziam parte do corpo de operações especiais das forças lideradas por Atin. O que fazia sentido pois, meses atrás, antes de ser promovido, o comandante também era membro da Resistance Special Forces. Então, Catus indaga sobre o twi'lek. Realmente, o jovem não tinha culpa, só estava fazendo seu trabalho, apesar de tê-lo feito errado. Porém, estava diante de um superior, então disse:

[Comandante Carth]
- Senhor, a decisão é sua. Não acho que ele tenha feito por mal, mas há de ser apliacada uma punição, que será de acordo com sue julgamento, sendo o oficial superior presente.

Então o comandante murmura para a humana tenente preparar um dos Resistance Troop Transport, que estaria pronto para decolagem assim que o almirante Catus necessitasse.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Minessar'aliit
Almirante da Resistência
Almirante da Resistência


Mensagens : 6
Data de inscrição : 28/01/2015

MensagemAssunto: Re: Base da Resistência [D'Qar]   Qua Dez 30, 2015 11:08 pm

- Dol Baran, está sendo realocado como graduando. Irá comigo à frota e pilotará o transporte, escolhendo o caminho mais seguro - alegre-se: não será necessária a corte marcial.

Virou-se para Carth.

- Obrigado, mais uma vez. - Disse, sincero. - Proceda com excelência, comandante.

Em um segundo, virou-se mais uma vez e cruzou a sala povoada pelo barulhento silêncio. Com um gesto rígido, ordenou que Dol Baran o seguisse.

Sem olhar para trás se dirigiu direta e rapidamente entre os corredores para o hangar da base. Olhando para todos os lados, via vários agentes da Resistência correndo apressados, como se suas cabeças estivessem em jogo - e realmente estavam. Mas não via seu escudeiro.
Ao cruzar o penúltimo corredor viu o garoto trazendo o pacote. Sem parar, interceptou-o e seguiu seu caminho. Falou com o rapaz assim que julgou que seus ouvidos escutariam, mas não olhou para sua face.

- Parabéns, garoto. Devo revelar que não esperava por isso; parabéns.

Seguiram caminho até o transportador no qual embarcaram. A correria local configurava o pandemônio.

Sem demoras os motores se agitaram, as turbinas roncaram e a nave decolou sem deixar um alerta à torre de controle.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Carth Was Besper
Comandante da Marinha Resistência
Comandante da Marinha Resistência


Mensagens : 21
Data de inscrição : 27/01/2015
Idade : 42
Localização : D'Qar

MensagemAssunto: Re: Base da Resistência [D'Qar]   Seg Jan 04, 2016 2:48 am

Carth, assim como todos os integrantes da sala de comando, monitoravam a situação da batalha. Primeiramente, ficarem extremamente perplexos pela maneira ineficaz da frota em receber os inimigos, e Besper, inicialmente, ficara furioso com a manobra do almirante Catus, sacrificando um de seus cruzadores. Porém, a rápida reação, liderada pelo brigadeiro Jason, mostrara-se uma força capaz contra um inimigo que possuía vantagem numérica e, por pouco tempo, estratégica. Todos comemoraram quando o primeiro Victory-class foi destruído, e já estavam preparados para comemorar o próximo quando um dos operadores da sala grita:

[Tenente Humana]
- SENHOR! O transporte que trazia o prisioneiro Thimo fora atacado. O transporte e um dos caças foram destruídos, mas o outro sobreviveu.

O comandante perdera o leve esboço de felicidade que demonstrara quando a maré da batalha começou a virar, mas respondeu calmamente:

[Comandante Carth]
- Coloque-o na linha.

A transmissão estava com chiado, e a voz do piloto vinha meio entrecortada, mas clara o bastante para ser entendida:

[Ello Asty]
- Echo Base, aqui é Vermelho 6. Meu ala foi atingido e o transporte caiu. Repito, meu ala foi atingido e o transporte caiu. Estou sendo perseguido por um míssel, mas acho que vou escapar.

Carth, ainda sério, mas dessa vez com uma voz rígida e firme, responde rapidamente:

[Comandante Carth]
- Vermelho 6, quem eram seus atacantes? Quero uma descrição detalhada.

[Ello Asty] - Um minuto senhor.

Passam-se poucos segundos, antes que ele responda:

[Ello Asty]
- Pronto senhor, me esvai do míssel. Não consegui ver o modelo ao certo, mas é uma nave corelliana, isso posso afirmar. Apareceu do nada. Nossos radares não indicavam contato e, de repente, surgira e nos alvejou com tudo. Consegui escapar porque atiraram em mim por último.

Besper pensa por alguns poucos momentos, então diz:

[Comandante Carth]
- A nave possui um dispositivo Cloacking Device. Deve ser um time de infiltração do mais alto nível. E, de algum jeito, sabiam do transporte. Esse é um planeta grande, e isso não pode ser coincidência. E esse tal de Thimo deve ser importante. Não arriscariam se revelar apenas para destruir algumas poucas naves.

[Ello Asty] - Estou voltando para lá senhor.

[Comandnate Carth] - Negativo, vermelho 6. Ele só vai se camuflar de novo e, se quiser, irá destruí-lo. Por favor, me transmita as coordenadas do local de ataque e o horário exato em que a nave apareceu no seu radar. Em seguida, retorne à base o mais rápido que sua nave permitir. Avise com antecedência de sua chegada, que não iremos deixar os escudos desligados por muito tempo.

[Ello Asty] - Entendido. Vermelho 6 saindo.

Carth chama a tenente pandoriana e a tenente humana e os 3 vão a um dos consoles, onde é mostrado o local do ataque. Então ele fala:

[Comandante Besper]
- Se é um modelo corelliano, então vamos supor que tenha uma velocidade de 1.000, talves 1.200 km/h. O ataque ocorreu a menos de 3 minutos. Qual o raio máximo que ela poderia correr nesse tempo?

A tenente pandoriana coloca rapidamente algumas informações no mapa que se mostra verde na tela. Então, é mostrado um círculo vermelho no mapa, que vai aumentando lentamente com o tempo. Carth rapidamente diz:

[Comandante Carth]
- O brigadeiro Daison deixara para trás 2 Nebula-class de reserva, e as duas são as naves mais próximas do planeta. Qual a o tempo necessário para que essa área toda esteja dentro do alcance de suas armas?

Ambas as tenentes hesitam, então a humana responde com um tom de medo na voz:

[Tenente Humana]
- Em aproximadamente 5 minutos senhor.

Carth olha para a mesa de comando, onde a batalha estava parecendo tomar um rumo já ganho. Então rapidamente coloca mais informações no console, indicando a área máxima de extensão que a nave poderia percorrer, mesmo depois do término de um bombardeio dos dois Star Destroyers. A nova área que o círculo abrangia mostrava a base, que era indicada por um pequeno círculo azul, mostrando que os escudos estavam ligados. Ele rapidamente fala com uma voz séria:

[Comandante Carth]
- Vou mandar as duas naves bombardearem toda essa área. Elas tem um poder de fogo imenso, e uma área pequena como essa será devastada em menos de dois minutos.

[Tenente pandoriana] - Mas senhor, eles vão nos atingir.

[Tenente humana] - E as vidas dos animais...

Carth as interrompe abruptamente:

[Comandante Carth]
- Esses escudos foram feitos para resistir a bombardeios de frotas inteiras, e ouso dizer que me importo mais com a vida de meus homens do que com a de alguns animais. Agora, me coloque em contato com os capitães daquelas naves.

Ambas as tenentes hesitam mas, após um olhar severo do comandante, elas reassumem suas posições e Carth passa suas ordens aos capitães das naves. Ambos protestam mas, como possuíam uma patente que estava abaixo a de Besper, acatam suas ordens. Todos na sala olhavam com medo, desconfiança ou raiva para o comandante, mas ele não se importava, pois sabia que assim salvava a vida de seus homens. Então, após alguns minutos, e depois de terem certeza que os escudos estavam funcionando após serem rapidamente abaixados para que vermelho 6 posuasse, o primeiro tiro os acertara, batendo inofensivamente no escudo e causando um efeito de onda, luz e barulho na bolha que protegia a Echo Base.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Carth Was Besper
Comandante da Marinha Resistência
Comandante da Marinha Resistência


Mensagens : 21
Data de inscrição : 27/01/2015
Idade : 42
Localização : D'Qar

MensagemAssunto: Re: Base da Resistência [D'Qar]   Sab Jan 09, 2016 12:55 am

Carth observava os preparativos para o bombardeio iminente. Estava sério, calmo e alheio ao ressentimento de seus subordinados, quando ele é chamado novamente:

[Tenente Pandoriana]
- Senhor! Novo contato na atmosfera!

Besper rapidamente se dirige ao lado da mesma, permanecendo sério, mas levemente estressado:

[Comandante Carth]
- O que foi tenente?

[Tenente Pandoriana] - Senhor, nossos satélites detectaram um novo movimento na atmosfera. Não consigo realmente traçar uma trajetória, mas o quer que seja esse objeto, passou logo acima de nossa base senhor.

[Comandante Carth] - Estava muito alto?

[Tenente Pandoriana] - Sim senhor.

O comandante parava para pensar um pouco, quando voltava a falar:

[Comandante Carth]
- Espere um pouco, como diabos nossos satélites detectam essa nave se ela está com seu Cloacking Device ativado?

[Tenente Pandoriana] - Nossos satélites não encontram  o objeto em si senhor, apenas as mudanças na atmosfera em volta de sua trajetória. Como isso era uma nave, detectamos a mesma a apenas 20 km de altitude. Mas quando é um asteróide, a mudança de temperatura nos permite detecta-los a até 50 km.

[Comandante Carth] - Como a detecção é visual, nós a percebemos apenas com um atraso, certo?

[Tenente Pandoriana] - Sim senhor, com alguns segundos de atraso, mas menos de um minuto.

O comandante então pára e pensa. Vai até sua mesa e compara as altitudes do ataque ao transporte do prisioneiro Thimo e do último local conhecido na nave invasora. Ela estava claramente subindo, e bem rápido. Então Carth pára e pensa: "Será que alguém nos traiu? Como puderam aumentar sua altitude apenas minutos antes de um ataque extensivo e pesado à eles?". Porém, sua linha de pensamento é interrompida pela transmissão inesperada vinda diretamente da First Order. Após ouvi-la, tudo ficava ainda mais confuso. Carth não acreditava que o sistema de segurança da First Order fosse tão ruim, mas também acreditava que, mesmo improvável, era impossível que aquilo acontecesse. Depois de uns breves momentos de pensamento e reflexão, sendo ligeiramente ofuscados pelos distantes sons do bombardeio, o comandante grita para seus subordinados:

[Comandante Carth]
- Cancelem o bombardeio IMEDIATAMENTE. Depois de certificado que nenhum tiro cairá mais no planeta, mande X-wings com tanques d"água equipados nos focos de incêndio mais próximo. Mobilize todo nosso contingente de naves e pessoal. Quero todos atentos.

[Tenente humana] - Mas senhor, com tantas naves decolando, teremos de deixar os escudos desligados.

[Comandante Carth] - Esse é um time de infiltração muito bem treinado e preparado. Eles conseguirão entrar, nós querendo ou não. Nosso foco agora é apagar esses incêndios antes que cheguem à base. Quero também que chequem nossos contatos dentro da First Order. Se isso é tão importante, devem estar mobilizando todo seu pessoal para acharem essas naves roubadas. Vamos descobrir logo se é verdade.

O bombardeio, que durara não mais do que 20 segundos, parara abruptamente. Depois de pouco tempo, era possível ouvir os motores das naves sendo ligadas e as mesmas se lançando para combater as chamas que assolavam a região.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Minessar'aliit
Almirante da Resistência
Almirante da Resistência


Mensagens : 6
Data de inscrição : 28/01/2015

MensagemAssunto: Re: Base da Resistência [D'Qar]   Seg Jan 11, 2016 12:30 am

- Parabéns. Você será gratificado com uma promoção, em memória de teus feitos.

Disse Cátulo diante do espelho, segundos antes da cancela de contenção liberar o almirante para adentrar na sala de comando.

- Comandante Besper. - Cumprimentou. - Reportar auditoria da situação, por gentileza.

Sentou-se em seu canto.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Carth Was Besper
Comandante da Marinha Resistência
Comandante da Marinha Resistência


Mensagens : 21
Data de inscrição : 27/01/2015
Idade : 42
Localização : D'Qar

MensagemAssunto: Re: Base da Resistência [D'Qar]   Ter Jan 19, 2016 11:54 pm

Carth estava analisando a situação pós-bombardeio e pós-batalha no momento da entrada do almirante. Olhava para o computador acima do ombro de um oficial e, quando o mesmo entra, bate continência, enquanto todos os outros na sala se levantam e fazem o mesmo. Logo após serem dispensados, todos aplaudem o almirante e, depois, voltam aos seus postos. O comandante vai na direção de Cátulo, com um leve sorriso no rosto, e lhe diz:

[Comandante Carth]
- Parabéns senhor. Não vou lhe passar um relatório da batalha, pois tenho certeza de que já o tenha recebido. Aqui em terra as coisas estão mais complicadas. Ordenei um bombardeio na área próxima à base, onde pensei que nossa nave invasora, um transportador corelliano equipado com um Cloacking Device, estaria sobrevoando. Porém, poucos segundos depois de começarmos, os detectamos saindo de órbita. Cessei o bombardeio e ordenei que nossos caças carregassem bombas de contenção de incêndio, e no momento...

Carth é interrompido por um oficial, que sussurra algo em seu ouvido. A expressão do comandante muda de levemente satisfeito para sério e preocupado novamente. Depois que o oficial sai, ele volta a falar:

[Comandante Carth]
- Senhor, os supostos invasores se renderam. Disseram aos nossos soldados que são contrabandistas, e o homem que capturamos do outro lado do planeta, Thimo Vzhul, está com eles. Estão entrando na base nesse exato momento. Eu irei interrogar o líder deles, e, se lhe interessar, sugiro que interrogue Vzhul. Devemos nos apressar, pois suspeito que estão mentindo, e quanto antes descobrirmos o que querem, melhor.

Após conversar com o almirante, Carth vai para um dos monitores. Através de câmeras de segurança, consegue ver a transferência dos prisioneiros da pista de pouso para as celas. Todos eles, menos Aeedun e Nihl, são levados para as celas comuns, apesar de serem postos em, no máximo grupos de duas pessoas por cela. Aeedun e Nihl são levados para salas de interrogatórios (ao estilo de séries policiais, com um vidro que só permite um dos lados ver o outro). Ambos são colocados em salas separadas e, após um tempo de espera, Carth entra na sala onde Aeedun está com as mãos algemadas à mesa e os pés algemados à cadeira. O comandante entra, fecha a porta com calma. Senta à frente de Kariss, cruza os braços e diz com uma voz calma:

[Comandante Carth]
- Vamos começar pelo básico. Me diga seu nome, e porque está aqui.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Aeedun Kariss
Cavaleiro de Ren
Cavaleiro de Ren


Mensagens : 35
Data de inscrição : 26/01/2015
Idade : 28
Localização : Starkiller Base.

MensagemAssunto: Re: Base da Resistência [D'Qar]   Qui Jan 21, 2016 10:19 pm

Com muita calma, Aeedun¹²³ não resiste à sua prisão, e é levado algemado durante todo o percurso até a sala de interrogatório sem demonstrar nenhuma hostilidade. Mas, para demonstrar não ser culpado de nada, estava de cabeça erguida. Nada tirava sua atenção. Ele prestava muito bem atenção no trajeto que foi feito desde onde entrou pela Base, até a sala de interrogatório - portanto, ele sabia como sair dali, se quisesse.

Na sala, com Besper, ele estava igualmente tranquilo. E o respondeu com a mesma tranquilidade.


[Aeedun Kariss] Meu nome é Jet Kedir. E eu estou aqui porque estava fugindo da Primeira Ordem, e indo atrás do meu camarada, Thimo Vzhul, que vocês já conheceram.

Então, se calou, e esperou a resposta ou reação de Besper. Ele havia respondido com a maior naturalidade possível, sem desviar o olhar ou pestanejar - havia sido treinado para isso, desde criança; afinal, era um espião para a Primeira Ordem há muito tempo. A diferença que é nunca havia sido pego antes - algo que aconteceu, pela primeira vez, nessa missão, porque ele assim permitiu.

Poderes cumulativos:
Radar Sense

Poderes evocados nesse turno:
¹Focus
²Antecipation
³Cyber Sense
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Minessar'aliit
Almirante da Resistência
Almirante da Resistência


Mensagens : 6
Data de inscrição : 28/01/2015

MensagemAssunto: Re: Base da Resistência [D'Qar]   Dom Jan 24, 2016 1:16 am

Cátulo sorriu. - Acabou de me passar, comandante., disse, antes de se levantar quase que em continência.

- Sua sugestão está aceita, mas aceite a minha também: cautela com esses rapazolas. Nós sabemos bem como os agentes da Primeira Ordem podem ser sombrios.


Tão logo se calou, virou-se para Dol Baran com ar pesado. O twi'lek vibrava o ar com sua ansiedade.

- Ordens, senhor? Havia aprendido a não colocar o tauntaun na frente dos speeders.

- Não, trouxe biscoito. Mas é claro que são ordens! Ei-las: Thimo Vzhul deve ser levado à sala de interrogatório de segurança máxima com pelo menos duas equipes. E traga-me cetáceo calamarino batido. Frio, por favor.

- Senhor, duas equipes? A segunda ficará obsoleta, de reserv...


- Já há tempo que esta sala está vazia, então os ponha em atividade, não de reserva. São profissionais, darão um jeito.

- De acordo com teu desejo, senhor.


- Gostei dessa. Prossiga.

Imediatamente, Dol Baran começou a digitar em sua tábua eletrônica, enquanto Atin se dirigia para os computadores designados.

* * * * * * * * * * * * *

A sala de interrogatório de segurança máxima muito parecia uma sala de detenção fortificada, com sistemas sequenciais de entrada. A primeira - e mais extensa sala - se conectava ao corredor da base e oferecia amplo espaço de operação dos interrogantes. Conectada a uma escotilha, abria-se um corredor que dava a outros três pequenos espaços, acessíveis também por escotilhas. Dessas três salas, novamente por escotilhas, dava-se acesso à sala do interrogado, visível tanto pelos interrogadores tanto por câmeras quanto por janelas fortificadas. Foram construídas visando a captura dos cavaleiros de Ren, mas por falta de recursos apenas três dessas foram construídas. A guerra muito custa.
Lá de dentro, Thimo não possui muita visão do que o circunda. Segundos diante de painéis quadriculares brancos podem enlouquecer qualquer um, apesar de que Atin havia insistido neles por crer que, talvez, despertassem calma e paz no espírito atribulado dos cavaleiros de Ren.

- Thimo. soltou o alto-falante. Uma voz eletrônica pichada.

Silêncio.

- O que é Thimo?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Carth Was Besper
Comandante da Marinha Resistência
Comandante da Marinha Resistência


Mensagens : 21
Data de inscrição : 27/01/2015
Idade : 42
Localização : D'Qar

MensagemAssunto: Re: Base da Resistência [D'Qar]   Qui Jan 28, 2016 11:09 pm

Carth ouve a resposta de Aeedun sem a menor surpresa. Então olha alguns arquivos que estão pousados à sua frente, não muito longe do preso. Ele os abre casualmente com uma das mãos, lê algumas palavras então o fecha. Em seguida, volta a olhar para Kariss, com um semblante impaciente. Então continua, com a mesma voz calma:

[Comandante Carth]
- Certo. Vocês estão fugindo da Primeira Ordem. Isso é o que meu time de resgate disse antes de ser abatido por sua nave. Que Thimo estava fugindo. Mas, ignorando alguns pontos importantes, me diga algo. Se vocês estavam fugindo da Primeira Ordem, e a Resistência é a inimiga declarada da mesma, por que abater nossas naves quando estávamos levando seu amigo para segurança?

O comandante apenas o encarava, enquanto os dois permaneciam em uma das 3 salas descritas acima por Cátulo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Aeedun Kariss
Cavaleiro de Ren
Cavaleiro de Ren


Mensagens : 35
Data de inscrição : 26/01/2015
Idade : 28
Localização : Starkiller Base.

MensagemAssunto: Re: Base da Resistência [D'Qar]   Dom Jan 31, 2016 12:30 am

Kariss¹²³ era paciente. Nada havia fugido do seu controle até então.

[Aeedun Kariss] Comandante... Eu pensei que vocês haviam capturado Thimo Vzhul. Você acha mesmo que importa a um grupo de contrabandistas a guerra entre a Primeira Ordem e a Resistência?

Ele sorriu, como sinal de deboche.

[Aeedun Kariss] Vocês haviam levado o meu amigo, então tive que tomá-lo de volta... Mas, me diga, Comandante... que "pontos importantes" o senhor está ignorando?

Poderes acumulados:
Focus

Poderes evocados neste turno:
¹Antecipation
²Radar Sense
³Cyber Sense
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Carth Was Besper
Comandante da Marinha Resistência
Comandante da Marinha Resistência


Mensagens : 21
Data de inscrição : 27/01/2015
Idade : 42
Localização : D'Qar

MensagemAssunto: Re: Base da Resistência [D'Qar]   Qua Fev 03, 2016 12:03 am

Carth encara Aeedun com um escárnio aparente. Olha um pouco para o teto, depois para Aeedun de novo, então responde:

[Comandante Carth]
- Nós somos os únicos inimigos declarados da Primeira Ordem, que conseguimos resistir à mesma. Se vocês também o são, lhe garanto que nenhum mal cairia sobre vocês. Mas vocês tomaram atitudes que me faz pensar o contrário.

Ao ver o leve sorriso do contrabandista, Besper apenas levanta uma de suas sobrancelhas e fala com uma voz ainda mais séria:

[Comandante Carth]
- Não é você quem faz as perguntas aqui, sou eu. Portanto, apenas as responda de maneira direta e coerente, então poderemos acabar logo com isso e cada um poderá voltar para seu próprio canto.

O oficial então para de falar e deixa sua resposta pairar um pouco no ar, antes de voltar a falar com o mesmo tom calmo de antes:

[Comandante Carth]
- Muito bem então. Me responda agora como que um grupo de contrabandistas, do qual nossa inteligência nunca ouviu falar, conseguiu roubar 2 naves com uma das tecnologias mais raras e caras que a Primeira Ordem possui?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Aeedun Kariss
Cavaleiro de Ren
Cavaleiro de Ren


Mensagens : 35
Data de inscrição : 26/01/2015
Idade : 28
Localização : Starkiller Base.

MensagemAssunto: Re: Base da Resistência [D'Qar]   Qui Fev 04, 2016 10:18 pm

Besper parecia não cooperar. Aeedun¹² poderia alongar aquela conversa por mais tempo, até que atingisse seu objetivo - que era claro: ele deveria ser solto pelo Comandante ainda dentro da Base. Mas ele tinha a impressão de que aquilo não ia acontecer. Além disso, talvez por ser uma missão bem mais difícil do que as que normalmente enfrentava, talvez o darksider estivesse um pouco nervoso e sem paciência.

Parado como estava, Aeedun³, olhando para Besper, tomou-lhe uma questão de 2 a 3 segundos: o Comandante Besper sentiu uma dor insuportável em seus órgãos internos, falta de ar e começou a ter espasmos na cadeira onde estava sentado, ficando completamente impossibilitado de tomar qualquer ação. Seu sistema nervoso inteiro sofreu um choque imediato.

Aeedun olhou para Besper se contorcendo de dor por 1 segundo, então olhou para o vidro escuro, onde ele sabia que havia pessoas do outro lado monitorando o interrogatório e, fingindo uma cara de surpreso, ele disse:

[Aeedun Kariss] Acho que ele precisa de um médico!

Não havia maneira dos que viram a cena sequer suspeitarem de que foi Aeedun o autor dos danos ao Comandante Besper. Sequer imaginavam que Aeedun era um sensitivo - estava vestido e se apresentou como apenas um contrabandista. O darksider esperou até que uma equipe médica entrasse na sala ou qualquer outra medida fosse tomada.

Poderes cumulativos:
Radar Sense

Poderes evocados nesse turno:
¹Focus
²Antecipation
³Choke
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Carth Was Besper
Comandante da Marinha Resistência
Comandante da Marinha Resistência


Mensagens : 21
Data de inscrição : 27/01/2015
Idade : 42
Localização : D'Qar

MensagemAssunto: Re: Base da Resistência [D'Qar]   Qui Fev 04, 2016 11:38 pm

Não demorou muito. Poucos segundos depois de Besper ser atacado, 3 soldados entram na sala. 2 deles apontando rifles para Aeedun, enquanto o terceiro arrastava o comandante para fora da sala. Assim que ele fora retirado, os dois soldados recuaram devagar e fecharam a porta, deixando o sensitivo sozinho. Carth imediatamente é levado ao hospital da base, onde seriam feitos os exames e ele seria colocado em um Bacta Tank para sua recuperação.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Aeedun Kariss
Cavaleiro de Ren
Cavaleiro de Ren


Mensagens : 35
Data de inscrição : 26/01/2015
Idade : 28
Localização : Starkiller Base.

MensagemAssunto: Re: Base da Resistência [D'Qar]   Sex Fev 12, 2016 9:19 pm

No momento imediato da entrada dos guardas na sala de interrogatório, Aeedun¹ nada fez. Mas, instantes após, quando o terceiro guarda estava de costas (para poder pegar Besper e arrastá-lo para fora da sala), o darksider usou, quase ao mesmo tempo, a Força para abrir as algemas² de ambas suas mãos e pés - ao mesmo tempo que se agachava para trás da mesa, para evitar levar disparos. Mas no mesmíssimo ato, no meio do caminho de se agachar, Kariss puxou pelo ar³ o rifle de um dos guardas que miravam nele, disparando contra o peito do que ainda estava armado, então na direção da cabeça do guarda que estava pegando Besper e, finalmente, contra a cabeça do guarda desarmado. Imediatamente, então, ele foi para debaixo da mesa, para se prevenir contra imprevistos.

Ele fez tudo isso com muita precisão e rapidez - além do foco da Força, não usou nenhum poder para usufruir do máximo desses atributos, porém, era muito conciso e exato no que fazia, pois era treinado para missões desse tipo desde criança. Além disso, ele também podia prever os movimentos dos guardas, graças à antecipação na Força.

Poderes cumulativos:
Focus

Poderes evocados neste turno:
¹Antecipation
²TK Control
³TK Control
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Base da Resistência [D'Qar]   Hoje à(s) 4:10 pm

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Base da Resistência [D'Qar]
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» [Projeto] Jogo com Base de Animes - Projeto parado por um tempo.
» Diminuir tamanho da Janela Base
» preços dos pokemons
» Tutorial Base Para Eclipse Origins - VB!
» "AQUELA LUTA ENORME DO BAR"

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Star Wars Rising Forces :: A Resistência :: Planetas da Resistência-
Ir para: